Homem é morto e sete pessoas são baleadas na Martim de Sá na madrugada de Ano Novo

Uma pessoa morreu e outras sete foram baleadas em Caraguatatuba na madrugada de Ano Novo. Entre os baleados estão duas pessoas vítimas de assalto, uma delas um policial militar aposentado. A Polícia Civil investiga os crimes.

Segundo a polícia, todos os casos aconteceram na praia Martim de Sá. A primeira vítima foi um jovem de 22 anos, turista de Atibaia. Ele estava na praia com uma amiga quando foi abordado por um homem que anunciou um assalto. Na ação, ele baleou o jovem que foi socorrido em estado grave.

Em seguida, um jovem também de 22 anos foi baleado e morto. Próximo a ele, segundo as equipes do Samu, estavam outras três pessoas que foram baleadas e socorridas ao hospital. A polícia não informou se as vítimas foram alvo de bala perdida.

Ainda na madrugada, um coronel da PM que estava com a família na praia para a virada de ano, foi baleado em um assalto. De acordo com a polícia, um homem pediu seu celular e na ação atingiu a vítima no abdômen.

Além das vítimas, outras duas pessoas foram baleadas. A polícia não informou detalhes dos casos.

De acordo com o hospital Stella Maris, eles receberam sete pessoas baleadas ao longo da madrugada de Ano Novo. Entre as vítimas, o coronel passou por uma cirurgia e segue estável. O jovem também vítima de assalto passava por cirurgia nesta manhã. Das demais vítimas, uma está na UTI em estado grave, três estáveis e uma recebia atendimento na emergência.

Moradores que estavam na praia para acompanhar o Ano Novo disseram ter ouvido vários disparos e houve correria. O local é o ponto tradicional de queima de fogo. Este ano, a queima foi promovida por moradores, já que o evento foi cancelado pela prefeitura alegando risco de aglomeração, por causa da nova variante Ômicron. Os casos foram registrados na Polícia Civil.
Foto: Arquivo Pessoal
Fonte: G1/Vale do Paraíba