Governo do Estado de SP reduz prazo para aplicação da dose de reforço

O Governo do Estado de São Paulo anunciou na semana passada que reduziu de 5 para 4 meses a aplicação do dose de reforço contra a Covid-19.
A redução vale para quem completou o esquema vacinal com os imunizantes da Coronavac, Astrazeneca e Pfizer.
O cidadão deve observar no comprovante de vacinação quando foi que tomou a 2ª dose e, a partir desse dia, contar 4 meses.
Atenção: aqueles que foram vacinados com o imunizante Janssen, de dose única, podem receber o reforço do mesmo fabricante após 2 meses. No entanto, com a ausência desta vacina devido ao não envio de doses pelo Ministério da Saúde, o reforço pode ser administrado com uma dose da Pfizer (RNA mensageiro).
Fonte: O Governo do Estado/Jornal da Cidade