PF cumpre cinco mandados de busca e apreensão em operação que investiga contrabando de cigarros em Lorena e Canas

A Polícia Federal cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em Lorena e Canas (SP) nesta quarta-feira (17) em uma operação que investiga o contrabando de cigarros do Paraguai para o Vale do Paraíba.

A investigação foi iniciada após a prisão do líder de um grupo criminoso que foi flagrado transportando caixas de cigarros sem nota fiscal na via Dutra. Os produtos eram comercializados na região do Vale e em São Paulo.

Ainda segundo a PF, o grupo adquiria dezenas de caixas de cigarros contrabandeados semanalmente e armazenava elas em um galpão em Lorena, de onde eram enviados para revenda.

Foi identificada na investigação que a organização responsável pelo contrabando é familiar e que o responsável chegou a cooptar o próprio filho adolescente para atividades ilegais.

A operação foi nomeada de “Fumus Peregrinatur” (fumaça peregrina, em tradução livre do latim) e até a publicação da reportagem não havia um balanço das apreensões feitas nesta quarta-feira. O grupo é acusado pelos crimes de associação criminosa e contrabando de cigarros. A PF também investiga o crime de corrupção de menores.
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Fonte: G1/Vale do Paraíba