Gerente e dono de posto de combustíveis são presos em operação contra fraudes em MG

Dois homens foram presos na operação do Ministério Público na manhã desta quinta-feira (6) em São Lourenço (MG).
Eles são o gerente e o dono de um posto de combustíveis, suspeitos de envolvimento em um esquema de fraude na venda de combustíveis de origem ilícita.

Segundo o MP, eles também são investigados por fraude em notas fiscais, alteradas com aparência de documento legalizado. A Operação Quebrando a Banca foi no início da manhã, em parceria com a Polícia Militar, fiscais do Procon e da Receita Estadual.

O posto foi lacrado. No local, os fiscais apreenderam documentos e celulares, que devem ajudar nas investigações, e checaram a qualidade do combustível vendido. A princípio, encontraram irregularidade em uma das bombas de combustíveis.

Os presos podem responder por lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e organização criminosa.
Fonte: G1
Foto: Reprodução/EPTV